Curupira

Folclore brasileiro

Os índios contam que na floresta vive um menino travesso, de cabelo cor de fogo e com os pés virados para trás. O Curupira.

Ele é protetor da natureza e não admite que explorem a floresta ou os animais silvestres. Ele vive montado em uma queixada (parente do javali) fazendo vigília na floresta.

Certa vez, um caçador estava perseguindo uma família de macacos. Ele queria aprisionar os bichinhos para depois vendê-los para pessoas más que os aprisionariam para sempre.

Vendo aquilo o Curupira ficou muito bravo e falou consigo mesmo:

– Vou dar uma lição nesse caçador!

Começou então a perseguir o homem deixando pelo caminho as pegadas invertidas. Depois deu um grito bem alto e o caçador levou um grande susto, ficou olhando para todos os lados tentando descobrir de onde vinha aquele grito.

Um tempo depois, gritou de novo e o caçador começou a ficar apavorado e a correr para todos os lados até ficar completamente perdido na floresta.

Quando o caçador encontrou as pegadas do Curupira, pensou serem pegadas de algum indiozinho, e resolveu seguir para ver onde dava.

Mas o que o caçador não sabia é que ele tinha virado a caça do Curupira.

As pegadas o levaram até a um buraco bem grande que estava tampado com folhas, assim que o caçador pisou, caiu e ficou preso lá embaixo.

O Curupira não conseguia parar de rir. Ele chegou na beira do buraco e falou:

– O caçador foi caçado!!! HEHEHE

– Por favor, me tire daqui! – falou o caçador.

– Você queria aprisionar os macaquinhos. E agora é você que está preso! Bem feito!

O caçador, ficou morrendo de medo e começou a chorar, arrependido por querer prender os pobres macacos.

– Eu te liberto se você prometer que não vai mais aprisionar os animais da floresta! – falou o Curupira.

– Eu prometo! Eu prometo!

Então o Curupira amarrou um cipó em uma árvore e jogou no buraco. Antes que o caçador tivesse saído ele gritou:

– Não se esqueça da sua promessa ou eu volto e te pego!

Quando o caçador saiu do buraco o Curupira já estava escondido porque ele não gosta de se mostrar para as pessoas.

O caçador nunca mais voltou para a floresta e contou para todo mundo o que tinha acontecido.

***

Clique aqui para ler a história O caçador e o camponês

1 comentário em “Curupira”

  1. Pingback: A lenda de Bacabá – Histórias que minha avó contava

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *