A corrida dos sapos

Fábula de Monteiro Lobato

Certa vez, na floresta, os sapos resolveram fazer uma corrida para descobrir quem era o mais rápido e mais forte entre eles.

A corrida aconteceria na subida de uma ladeira e havia uma grande multidão assistindo ao evento.

Começou a corrida e os sapos foram pulando, pulando, pulando.

No meio da corrida, a ladeira era mais íngreme e muitos deles começaram a desistir.

A multidão começou a gritar:

– Não vão conseguir! Não vão conseguir!

Os sapinhos iam desistindo um a um, conforme a dificuldade ia aumentando.

E a multidão continuava:

– Não vão conseguir! Não vão conseguir!

E mais sapinhos foram desistindo, menos um, que subia tranquilo, sem esforço.

No final da competição, todos os sapinhos desistiram, menos aquele que foi até o final e venceu.

Então perguntaram ao vencedor onde ele havia encontrado forças para conseguir vencer, mesmo com todo mundo gritando que era impossível. Ele não entendeu a pergunta e o pai explicou que ele era surdo.

Conselho de vó: Para conseguir algo difícil temos que ser surdos às palavras de quem quer nos fazer desistir.

***

Clique aqui para ler a história A flauta de Krishna

2 comentários em “A corrida dos sapos”

  1. Pingback: A luz azul – Histórias que minha avó contava

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *