O pobre e o rico

História de Esopo

Certa vez, um rico banqueiro que sofria com problemas para dormir e dores de estômago foi descansar na varanda de sua casa, pensando nos seus muitos problemas, quando viu, em frente à sua casa o sapateiro da cidade sentado na calçada cantarolando e lustrando um sapato.

O banqueiro então pensou: “Como pode esse homem estar tão feliz tendo um trabalho tão inferior?”

No dia seguinte o banqueiro viu a mesma cena e mandou um de seus empregados chamar o homem até sua casa:

– Gostaria se saber, quanto o senhor ganha por ano? – perguntou o banqueiro.

– Como poderei saber? Vou vivendo um dia de cada vez, tendo saúde e não faltando a comida, o que mais posso querer?

– Se é feliz com tão pouco, quero te ver felicíssimo! Tome aqui este saco de dinheiro!

O sapateiro foi embora muito contente com o presente recebido, mas chegando em casa se deparou com um problema, onde guardaria todo aquele dinheiro?

Primeiro o colocou em um esconderijo, mas no meio da madrugada acordou e pensou que aquele não era um bom lugar, então, passou a noite toda procurando lugar melhor para esconder sua fortuna. Depois desse dia, o sapateiro vivia inquieto, pensando que algum ladrão viria roubá-lo. Não conseguia mais dormir, não conseguia mais comer, mas agora estava rico, nem precisaria mais trabalhar.

Ao final de um mês o pobre homem estava triste, magro, cheio de olheiras e com a mente cansada de tanto pensar no que fazer com tanto dinheiro.

Cansado de toda a situação, juntou todo o dinheiro e foi para a casa do banqueiro:

– Tome aqui o seu saco! Não aguento mais essa vida, quero voltar à vida de antes!

Conselho de vó: Quem confunde dinheiro com felicidade, nunca será feliz!!!

***

Clique aqui para ler a história O abeto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *