O anel

História indiana

Certa vez, um jovem aprendiz começou a questionar os ensinamentos que o seu mestre lhe passava. Ele não concordava com muitas coisas e começou a perturbar o seu mestre.

Calmamente, o mestre tirou um anel de seu dedo, entregou ao jovem e disse:

– Pegue esse anel e vá até o mercado, veja se consegue alguém que pague uma moeda de ouro por ele.

O jovem, sem entender a razão do pedido, foi até o mercado e andou de barraca em barraca tentando achar alguém que pagasse uma moeda de ouro pelo anel.

Depois de muito tempo ele voltou e falou para o mestre:

– Não encontrei ninguém disposto a pagar uma moeda de ouro pelo anel, me ofereceram somente uma moeda de prata.

Então, o mestre falou:

– Agora vá até um joalheiro, mostre o anel e pergunte quanto ele pagaria.

O jovem foi até o joalheiro, que por um bom tempo observou o anel, cada uma de suas pedras e depois de um certo tempo falou:

– Ofereço mil moedas de ouro pelo anel!

 O jovem ficou paralisado, surpreso diante da oferta. Ele voltou para o mestre e contou o acontecido. O mestre então lhe falou:

– A sua noção de valor dos ensinamentos que lhe transmito é tão grande quanto a noção dos mascates sobre joias.

Conselho de vó: Sábio é aquele que sabe que não sabe.

***

Clique aqui para ler a história O presente do brâmane

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *