O machado desaparecido

História budista

Certa vez, um homem perdeu o seu machado. Ele já o havia procurado em todos os lugares possíveis em sua casa.

Ele chamou sua mulher e seus filhos para procurar e nada de encontrá-lo.

No dia seguinte ele viu seu vizinho passando em frente à sua casa e cismou que ele havia roubado o seu machado.

Ele começou a achar que seu vizinho caminhava como um ladrão, falava como um ladrão e se parecia com um ladrão.

Por dias ele ficou ressentindo a perda do machado e com muita raiva do vizinho.

Quando resolveu tomar uma atitude e cobrar explicações do vizinho, ouviu seu irmão chamando-o no portão, quando foi atender viu o machado nas mãos do seu irmão e se lembrou que havia emprestado o machado a ele.

Ele riu da situação e logo em seguida o vizinho passou em frente à sua casa, mas ele não caminhava como ladrão, não falava como ladrão, nem parecia um ladrão.

Conselho de vó: Quando estamos com raiva ficamos cegos para a realidade.

***

Ajude esse site a se manter no ar

Clique aqui para ler a história O segredo do sucesso

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.