Porcos assados

Autor desconhecido

Muito, muito tempo atrás, quando os homens ainda não dominavam bem o fogo, aconteceu de, depois de um longo período de estiagem, cair um raio em um bosque que foi incendiado em pouco tempo.

Alguns porcos viviam nesse bosque e todos morreram no incêndio.

Os homens que viviam lá perto foram ao bosque no dia seguinte e encontraram vários porcos assados. O cheiro era tão bom que resolveram comer aquela carne.

Eles ficaram impressionados com o sabor e começaram a pensar numa maneira de comer porcos assados mais vezes.

Então, um deles teve a ideia de colocar fogo em um outro bosque em que também viviam porcos para acontecer o mesmo que da primeira vez.

Apesar de dar certo, alguns porcos ficaram muito queimados e outros ficaram crus.

Resolveram estudar o assunto e depois de muitas tentativas e muitos bosques queimados, agora já existiam especialistas no assunto.

Eles sabiam qual a melhor época do ano para fazer a queimada, analisavam a força e a posição do vento, havia uma quantidade certa de porcos dependendo do tamanho do bosque.

Muitas pessoas trabalhavam nisso e para cada etapa do processo havia um especialista com sua equipe que desempenhavam muito bem o seu papel.

Um dia, um rapaz teve uma ideia e foi falar com o líder:

– Estava pensando que, em vez que queimar um bosque toda vez que quisermos comer porcos assados, nós poderíamos criar um local onde colocaríamos um único porco para ser assado. Poderíamos cercar os porcos com madeiras e só mataríamos um porco de cada vez, seria mais fácil, não haveria desperdício e não precisaria de tanto trabalho.

O líder ficou furioso e começou a gritar:

– Como você pode falar um absurdo desse? E os especialistas em atear fogo no bosque? E aqueles que estudam o tempo e o vento certos para fazer a queimada? E os especialistas em não deixar que os porcos fujam do bosque quando ele pega fogo? E todas as pessoas que trabalham nisso? Já pensou no número de desocupados? O que será deles?

O rapaz percebeu que havia falado uma bobagem muito grande e foi embora triste por ser tão burro.

Conselho de vó: Quando te repreenderem por uma ideia, pense que talvez você não seja burro, só esteja cercado de burros.

***

Ajude esse site a se manter no ar

Clique aqui para ler a história Os dois irmãos

1 comentário em “Porcos assados”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.