O preguiçoso

Autor desconhecido

Era uma vez um homem muito preguiçoso. Desde pequeno ele não queria fazer nada, tinha preguiça pra tudo, até o prato de comida era sua mãe que preparava. Não aprendeu nada na escola porque não queria estudar, não aprendeu o ofício dos pais que eram lavradores, porque dizia que o trabalho era muito pesado.

Não teve ânimo nem para namorar e, então ficou um solteirão. Mas os pais cuidavam dele e lhe providenciavam tudo o que ele precisava.

Chegou um dia então, em que o pai faleceu, pouco tempo depois sua mãe também se foi. Ele ficou sozinho e continuava preguiçoso como sempre. A vizinhança se condoeu e lhe levava comida nos primeiros tempos.

Mas eles também se cansaram, um homem forte que não queria fazer nada era um abuso, e ele começou a passar fome.

Cansado da vida, ele resolveu que queria morrer também e pediu que os vizinhos lhe enterrassem. Acharam um absurdo, mas resolveram concordar para ver até onde ia a sua decisão.

Prepararam tudo, fizeram velório com velas e rezas. Chegando a hora do enterro o colocaram numa rede e rumaram para o cemitério, certos de que ele ia desistir no meio do caminho. Passando pelos portões de uma fazenda, o fazendeiro vendo o cortejo, tirou o chapéu, fez o sinal da cruz e perguntou:

– Quem é o morto? Que Deus o tenha!

Um dos acompanhantes respondeu:

– Deus não o tem ainda, senhor, esse morto tá vivinho.

O fazendeiro admirado perguntou ao morto, que estava vivo, por que ele estava se fazendo enterrar. O rapaz respondeu:

– Tá tudo muito difícil, não tenho nada na minha casa, estou passando fome, e se vou morrer mesmo, é melhor acabar com isso de uma vez.

O fazendeiro se condoeu e lhe falou:

– Não seja por isso, tive uma colheita muito boa de arroz e mando te entregar 10 sacos na sua casa. Você vai ter comida por muito tempo.

O rapaz pensou, pensou e perguntou:

– Que mal lhe pergunte, o arroz está com casca ou sem casca?

O bom homem lhe respondeu:

– Tá com casca, terminamos a colheita ontem!

E o preguiçoso decidiu:

– Toca o enterro!

***

Clique aqui para ver a história O Macaco e Papai Deus

0 comentário em “O preguiçoso”

  1. Pingback: A velha Garça – Histórias que minha avó contava

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *