O imitador de porco

História de Monteiro Lobato

Era uma vez um homem que fazia imitações perfeitas de animais e participava de vários concursos organizados em sua cidade e nas cidades vizinhas. Seu nome era Sabino e sempre se saia vencedor, sua fama era conhecida em todos os lugares por onde se apresentava.

Todos os anos havia uma competição de imitadores em sua própria cidade, ele sempre ganhava, mas nesse ano, junto com outros competidores chegou um homem muito estranho, usava capa, chapéu e não era de muita conversa. Ele se hospedou na pousada e só saiu no dia de se apresentar.

Ele realmente imitava muito bem e ficou classificado para a final, um dia depois, junto com Sabino.

Na noite seguinte eles se apresentaram e todos já aclamavam o morador da cidade como vencedor, mesmo antes de terminar a competição. A última prova foi imitar um porco e os dois se saíram muito bem. Mas os juízes deram a vitória para Sabino depois de enumerar muitos motivos para isso como o timbre, a potência e a perfeição da voz.

O estranho não ficou aborrecido, mas pediu para falar, no que foi atendido muito a contragosto.

– Meus caros, eu conheço a fama do imitador da sua cidade, eu sei que imito muito bem, mas resolvi fazer um teste com a imitação do porco, teste esse que daria a vitória a quem de nós o imitasse melhor. Pois bem, vejam de quem o seu imitador ganhou nesta noite.

Falando isso tirou de debaixo de seu casaco um pequeno porco que era treinado para gritar quando levemente apertado por cima de sua roupa. E completou:

– Seu imitador é tão bom que imita um porco melhor que o próprio porco?

***

Clique aqui para ver a história O Casamento da Sapa

0 comentário em “O imitador de porco”

  1. Pingback: A Onça egoísta – Histórias que minha avó contava

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *