O casamento da Sapa

História de Figueiredo Pimentel

Reinaldo era um rapaz de grandes qualidades e estimado por todos onde vivia. Era filho de um rico fidalgo e tinha dois irmãos mais velhos que já haviam se casado com moças da alta sociedade.

A família tinha o costume de se reunir todo primeiro domingo do mês para jantar, e essa tradição nunca era quebrada.

O rapaz gostava demasiadamente de música e sempre acompanhava os concertos, óperas e saraus que aconteciam na cidade, ele era capaz de passar o dia todo ouvindo música sem sequer sentir fome.

Um dia, Reinaldo estava passeando à margem de uma extensa lagoa quando ouviu uma maravilhosa voz feminina cantando uma ópera que ele desconhecia e ficou extasiado com a beleza da voz.

Ele começou a procurar de onde vinha a voz para poder apreciar mais devidamente, mas não encontrava a sua origem.

Estava tão encantado que falou consigo mesmo:

– Palavra de honra que me casaria com a dona desta voz, ainda que fosse uma sapa nesta lagoa!

Acabando de dizer estas palavras Reinaldo viu saltar da lagoa uma enorme e horrenda sapa que falou com ele:

– Pois é exatamente uma sapa que está cantando, e o senhor, que é um rapaz sério e de palavra deverá cumprir o que disse.

– Fui imprudente ao falar tal coisa, mas sou homem de palavra e cumprirei o que disse – falou Reinaldo. Peço somente que possa avisar o meu pai antes de cumprir o que foi dito.

A grande sapa concordou e Reinaldo foi falar com seu pai que concordou que seu filho deveria realmente cumprir sua palavra.

No dia seguinte o rapaz foi a lagoa e assim que chegou encontrou a Sapa que lhe disse:

– Entre na água sem medo e mergulhe, não se preocupe que não irá se afogar.

Reinaldo fez o que ela disse que estando de baixo d’água viu um enorme palácio e lá estava tudo preparado para o casamento.

A cerimônia foi exatamente igual a uma cerimônia humana, porém todos os presentes eram sapos e rãs que coaxavam o tempo todo.

Após o casamento, o rapaz viveu agradavelmente no castelo e era muito bem tratado por todos, a sua esposa sapa sempre cantava para agradá-lo e ele se encantava muito com sua voz e suas músicas.

Passados quinze dias Reinaldo se entristeceu porque era o primeiro domingo do mês e ele deveria ir à casa de seu pai para o jantar de família. Ele sabia que ouviria muitos deboches dos irmãos e familiares por ter uma esposa nada comum.

No dia do encontro da família Reinaldo pegou sua esposa Sapa no colo, saiu da lagoa e partiu para a casa de seu pai, porém, ao sair do lago algo extraordinário aconteceu, a sua esposa Sapa se transformou em uma bela jovem.

Ela contou a ele que todos de sua família foram encantados por uma bruxa, o encanto só seria desfeito se ela se casasse com um humano e então saíssem da lagoa juntos.

No lugar onde era a lagoa apareceu um palácio sem igual. O encanto foi desfeito e eles foram felizes para sempre.

***

Clique aqui para ver a história A Ratinha branca

0 comentário em “O casamento da Sapa”

  1. Pingback: O imitador de porco – Histórias que minha avó contava

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *