Heungbu e Nolbu

Conto coreano

Era uma vez dois irmãos, o mais velho se chamava Nolbu e o mais novo, Heungbu. Após o falecimento do pai, o irmão mais velho tomou todas as propriedades e todo o dinheiro do pai, não deixando nada para o irmão mais novo.

Heungbu começou a passar por muitas dificuldades e seus filhos já estavam passando fome. Então ele resolveu visitar o irmão mais velho para pedir um pouco de arroz.

Quando chegou à casa do irmão, foi muito mal-recebido pela sua cunhada que, além de o insultar, ainda bateu nele com uma colher de pau onde alguns grãos de arroz estavam grudados.

Heungbu ficou muito magoado com a situação, mas não reclamou, pegou os grãos que caíram e os levou para seus filhos.

Enquanto voltava para casa, ouviu um piar de uma andorinha e encontrou a pequenina na beira da estrada com a perninha quebrada.

Heungbu ficou com pena da pobrezinha, a levou para casa e cuidou dela até que estivesse completamente recuperada, depois a soltou para que ela vivesse livre.

Depois de alguns dias, Heungbu estava arando a terra com sua esposa para plantarem alguns vegetais, quando a andorinha apareceu e deu a ele uma semente.

O casal ficou impressionado com a gratidão da andorinha e resolveram plantar a semente para ver o que dava.

Naquela noite, algo mágico aconteceu. Aquela semente cresceu, cresceu e cresceu e, no dia seguinte, pela manhã, tinha dado uma grande cabaça, do tamanho de uma criança.

Eles ficaram surpresos com aquilo e resolveram abrir a cabaça. Para alegria de todos, ela estava cheia de tesouros e, desde aquele dia, nunca mais passaram por dificuldades.

Nolbu ficou sabendo que o seu irmão mais novo estava rico, ficou com muita inveja e resolveu ir atrás dele para saber o que tinha feito para enriquecer.

Heungbu o recebeu muito bem, apesar de ter sido maltratado quando estava em dificuldades, mesmo assim, contou ao irmão tudo o que tinha acontecido.

Nolbu que era muito mau, não queria ficar procurando por alguma andorinha com a perna quebrada, então caçou uma que estava perfeitamente bem, quebrou sua perninha e depois a curou. Dias depois soltou a pobrezinha esperando que ela voltasse com uma semente.

Um dia ele estava descansando em sua varanda quando a andorinha voltou e deu a ele uma semente. Nolbu a plantou no mesmo instante, já esperando ficar rico como o seu irmão mais novo.

No dia seguinte ele encontrou em seu quintal uma grande cabaça e foi pegar um serrote para abri-la, porém, para a sua surpresa, dentro dela ele encontrou um espírito maligno que aterrorizou a ele e sua família até seus últimos dias de vida.

***

Clique aqui para lera história O espírito da garrafa

1 comentário em “Heungbu e Nolbu”

  1. Pingback: O veado e suas pernas – Histórias que minha avó contava

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *