A viagem dos três cães

Autor desconhecido

Certa vez, um homem e sua família decidiram se mudar, eles viviam em um sítio e se mudariam para outro numa cidade vizinha. O homem era pobre e tinha somente uma carroça para fazer a mudança. Depois de alguns dias transportando seus pertences ele voltou para sua antiga casa para levar os seus três cães.

Os três cachorros estavam observando a movimentação estranha e não estavam entendendo o que estava acontecendo. O cão mais velho era o mais aflito, não estava gostando de nada daquilo.

O homem colocou seus três animais na carroça, os amarrou para não fugirem e começou a viagem.

O cão mais velho ficou revoltado, tentou de todas as maneiras roer a corda para fugir, vendo que não conseguia, pulou da carroça e foi sendo arrastado a viagem inteira tentando resistir o quanto podia.

O cão do meio também não estava gostando da mudança, mas não estava desesperado a ponto de tentar fugir, então passou a viagem inteira andando de um lado para o outro da carroça.

O cão mais novo logo percebeu que não tinha controle sobre o que estava acontecendo e que não importava o que fizesse, não mudaria a situação, então deitou-se na carroça e dormiu a viagem inteira.

Quando chegaram ao destino perceberam que o lugar era muito melhor do que aquele em que viviam antes. Porém, o cão mais velho estava exausto e com as patas machucadas, o cão do meio também estava cansado e vendo que a mudança foi para melhor se arrependeu de não ter aproveitado a viagem, o cão mais novo era o único descansado o bastante para aproveitar o novo local.

Conselho de vó: Na vida sempre temos mudanças e muitas vezes não sabemos qual será o final da viagem. De qualquer forma, resistir é inútil, se preocupar excessivamente é inútil, então aproveite a viagem.

***

Clique aqui para ler a história Simbad, o marujo

Ajude esse site a se manter no ar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *