A história sem fim

História inglesa

Certa vez, um rei que gostava muito de ouvir histórias, disse aos seus súditos que quem contasse uma história sem fim receberia a mão de sua filha em casamento.

Muitos se arriscaram, alguns deles passaram dias contando histórias, mas todas elas tinham um fim, o que deixava o rei muito furioso por não conseguirem atender o seu desejo.

Um dia apareceu um jovem e começou a contar a seguinte história:

– Certa vez, um fazendeiro resolveu construir um silo para guardar o seu trigo. O silo tinha dez metros de diâmetro e uma altura de cinco metros. O homem mandou encher completamente o silo com grãos de trigo, porém, na parte mais alta havia ficado uma fresta, um pequeno buraquinho aberto. No dia seguinte uma pequena cigarra entrou por lá, pegou um grão de trigo e saiu, logo em seguida uma outra cigarra entrou pela fresta e pegou um outro grão de trigo, um pouco mais tarde uma outra cigarra entrou pela fresta e pegou outro grão de trigo, depois disso uma outra cigarra entrou pela fresta e pegou outro grão de trigo, algumas horas depois outra cigarra entrou pela fresta e pegou outro grão de trigo…

O jovem ficou horas contando que uma cigarra havia entrado no silo e pegado um grão de trigo. Todos começaram a ficar sem paciência, a corte já estava irritada, o rei já tinha cochilado, acordado e cochilado de novo.

De repente, o rei acordou e não aguentando mais ouvir que uma cigarra havia entrado no silo e pegado mais um grão de trigo, deu um grito bem alto:

– Essa história não tem fim???

– Não tem não majestade – falou o jovem.

– Pois bem, não aguento mais, case-se com minha filha!

Assim o rapaz e a princesa se casaram e o rei nunca mais quis ouvir histórias compridas.

***

Ajude esse site a se manter no ar

Clique aqui para ler a história Nem tudo o que o mestre mandar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.