O Burro e o Grilo

Fábula de Esopo

Certa vez, um Burro estava pastando quando ouviu o canto do Grilo e ficou encantado. Ele começou a pensar numa maneira de poder cantar assim como aquele bichinho.

Depois de muito matutar imaginou que, se comesse o que o Grilo come, poderia cantar como ele.

Então o Burro foi até o Grilo e perguntou:

– Sr. Grilo, seu canto é tão maravilhoso, eu só sei zurrar, quero cantar como você. Pode me dizer do que se alimenta para assim eu fazer o mesmo?

– Ah! Sr. Burro, eu me alimento de orvalho.

– Somente orvalho?

– Sim!

Então o Burro começou a comer somente o orvalho, mas, pobrezinho, começou a emagrecer, emagrecer até ficar bem fraquinho, tão fraquinho que nem zurrar mais podia.

Um dia o pobre desmaiou, tentou pedir ajuda, mas só podia gemer bem baixinho.

Por sorte, o Grilo estava passando ali perto, ouviu os gemidos do Burro e correu para ver o que se passava.

– O que está acontecendo Sr. Burro!

– Comecei a comer só orvalho para que pudesse cantar como você, mas agora estou fraco e nem posso me levantar, o pior é que nem zurrar posso mais.

– Não faça isso Sr. Burro, quanta tolice, os burros dever zurrar e comer capim, os grilos devem cantar e comer orvalho, cada um tem suas características próprias e todos são lindos e perfeitos do jeitinho que são. Pare de bobagem e coma essa graminha aí do seu lado.

Conselho de vó: Não queira ser outra pessoa, cada um é perfeito do seu próprio jeito.

***

Ajude esse site a se manter no ar

Clique aqui para ler a História sem fim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.