O cão e o crocodilo

Fábula de Félix Maria Samaniego

Certa vez, um cachorro que estava com muita sede, se aproximou de um rio para beber água. Assim que se aproximou percebeu que havia um grande crocodilo perto da margem.

Porém, sua sede era tão grande que ele começou a fazer malabarismos para beber a água.

Ele bebia um pouco e corria, depois voltava, bebia mais um pouco e corria.

O crocodilo ficou observando, louco para fazer daquele cachorro o seu jantar.

– Por que está correndo? Não sabe que faz mal beber água e correr? Você vai ficar com indigestão – falou o crocodilo, como dando um conselho.

– Sei que não faz bem beber água e correr, mas é melhor que te deixar me devorar.

Conselho de vó: Nem todo mundo que te aconselha quer o seu bem.

***

Ajude esse site a se manter no ar

Clique aqui para ler a história A flor do mal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.