A mosca

História vietnamita

Havia em uma pequena vila, um homem muito rico que vivia de emprestar dinheiro aos pobres e depois cobrar juros muito altos.

Um dia, ele foi à casa de um de seus devedores, encontrou somente o filho do casal e perguntou a ele onde seus pais estavam.

– Meu pai foi cortar árvores vivas para plantar árvores mortas, minha mãe foi vender vento para comprar a lua – disse o menino.

O homem não entendeu nada e começou a perguntar ao menino do que ele estava falando, mas o menino não queria responder.

A curiosidade era tanta que começou a devorar o homem por dentro e ele falou:

– Me diga o que significa o que você disse e eu perdoo a dívida do seu pai, tenha o céu e a terra como testemunha.

– O céu e a terra não podem ser testemunhas, a testemunha tem que ser viva – falou o menino.

– Pois então será esta mosca que está no batente da porta.

O menino concordou e disse:

– Meu pai foi cortar bambu para fazer cerca e minha mãe foi vender leque para comprar uma lamparina.

Satisfeito o homem foi embora, mas pouco tempo depois voltou para cobrar a dívida do homem. O menino tratou de lembrar ao homem sobre o acordo dos dois, mas ele não cedeu e entregou o caso a justiça.

No dia do julgamento o homem disse que nunca havia visto aquele menino e que não sabia do que ele estava falando.

Então o juiz falou ao menino:

– Você tem uma testemunha?

– Tenho sim, uma mosca ouviu toda a conversa sentada bem no nariz desse homem.

– Mentira! – gritou o homem rico – ela estava no batente da porta!

O juiz pode perceber quem era o grande mentiroso e deu o caso por encerrado a favor do menino e seus pais.

***

Ajude esse site a se manter no ar

Clique aqui para ler a história O silêncio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.