Deus e o camponês

História budista

Há muito, muito tempo, Deus vivia na Terra entre os homens.

Um dia, um camponês foi falar com Ele e lhe disse:

– Olhe, Deus, eu sei que o Senhor criou o mundo, mas tenho que lhe dizer, tem coisas que um camponês como eu sabe mais que o Senhor.

Deus achou graça daquele comentário e perguntou:

– Já que você sabe mais, qual o seu conselho?

– Deixe-me cuidar dos movimentos da natureza por um ano e o Senhor vai ver, não haverá mais fome no mundo.

Deus, intrigado pelas palavras do camponês, aceitou o desafio e deixou nas mãos do homem o poder de controlar a natureza.

Tudo estava dando certo, de acordo com a vontade do homem, o sol brilhava quando ele queria e só chovia quando ele achava que precisava, porém, o camponês fez parar completamente as tempestades, os trovões, os vendavais e os relampados. Tudo corria perfeitamente bem.

A plantação de trigo estava se desenvolvendo rapidamente e logo aconteceria a primeira colheita.

No dia da colheita, o homem percebeu um problema e foi falar com Deus:

– Deus, aconteceu algo errado, a plantação de trigo está linda, cresceu muito mais do que esperado e os campos estão cheios, mas quando fomos colher, os grãos estavam vazios.

Então Deus respondeu:

– Você cuidou para que tudo estivesse perfeito, as plantas não passaram por desafios ou conflitos, porém, desafios são necessários em todas as áreas da vida. Tempestades e vendavais são necessários para a evolução e crescimento do grão e você tirou isso dele, por isso ele não se desenvolveu.

Conselho de vó: Não reclame dos desafios que a vida te apresenta, eles são imprescindíveis para que você, um dia, dê frutos.

***

Ajude esse site a se manter no ar

Clique aqui para ler a história O mendigo no portão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.